Conto part.3

Estava em minha frente uma mulher linda de cabelos negros e compridos…Um vestido longo cinza ( com estampas de rosas negras) cobriam o seu corpo cheio de curvas… Seus olhos eram azuis e sua pele era extremamente branca.Tinha um rosto de anjo, mas não qualquer anjo, ela deveria ser o mais bonito dos anjos… ” Mas o que ela havia dito mesmo??”pensei.

-Eu Sr. Daniel sou A Morte.E não vou repetir outra vez !
-????

O Quarto parecia girar, muitos pensamentos inundavam a minha cabeça. O Que foi mesmo que eu fiz anteriormente? Uhm.. A sim eu estava aqui segurando a minha arma e… e eu dei um fim em tudo… Agora me lembro…

-Então vc é a Sra. Morte?
-Senhora não ! Senhorita !
-Então eu estou morto.Esse é o fim de tudo então.
-Sim e Não. Sim, você está morto. E não, esse não é o fim de tudo.Na verdade eu gosto de pensar que esse é a hora que se realmente começa a viver…
-uhm..?Você vai me levar para o inferno?
-E porque eu faria isso Daniel ?
-Achei que quem cometia suicídio iria direto para o lugar mais escuro do inferno…
-O seu desejo é ir para tal lugar?
-Bem, acho que sim! Eu mereço.Preciso pagar pelo meu erro.
-E qual foi o seu erro ?Eu achei que errar era algo que só os humanos tinham a regalia de fazer, algo que eles sabiam superar…
-Uma criança pode errar, um bebê, um velhinho e uma mulher… Todos podem errar… MAS um PAI ! Um VERDADEIRO PAI de família NÃO pode errar… Ele não pode… Eu não posso… eu… …. ..não….. ….
-Não foi sua culpa, ninguém teve culpa.
-A culpa foi minha ! EU SEI ! E quem é você para me dizer tal coisa.Você NÃO SABE DE NADA!

Então o quarto escureceu. A chama da lareira diminuiu quase por completo. E a mulher que anteriormente parecia um anjo, agora estava mortalmente medonha.Seus olhos azuis agora pareciam penetrar no meu corpo…MEDO só isso que eu me lembro…

-EU SOU A MORTE ! EU ESTAVA PRESENTE QUANDO VOCÊ NASCEU DANIEL! EU ESTAVA PRESENTE QUANDO A SUA MULHER E AS SUAS FILHAS NASCERAM. EU SEMPRE ESTOU PRESENTE NO COMEÇO DA VIDA! MAS TAMBÉM ESTOU PRESENTE NO FIM. EU VI COMO A SUA FAMILIA MORREU DANIEL. Eu SEi O que digo…. você não teve culpa…

Eu estava paralisado de medo.Quase não conseguia falar.

-Des…Descul…pe.. é … Desculpe! Mas a morte é algo tão injusto! Porque você escolheu leva-las???
-Vou te explicar uma coisa… Eu, meu querido Daniel, não tenho o poder de escolher que vai morrer… São as pessoas! Elas fazem o seu próprio destino. Livre arbítrio entende. São as pessoas e suas escolhas que fazem eu estar ou não em algum lugar… Não fui eu quem apertou o gatilho do seu revolver… Não culpe A Morte pelas escolhas que vocês humanos fazem…
-Entendo… agora que tudo acabou parece que os pensamentos estão mais claros… Bem me leve para onde eu preciso ir…
-Você já esta onde precisa estar !
-Não aqui é o meu escritório! Foi aqui que eu morri!
-Daniel, quando você morre não vai para o céu ou inferno…isso tecnicamente não existe… quando você morre lhe é concedido o direito de ir para onde quiser… viver o que quiser… se você quiser o céu então aqui se transformará em céu… se você desejar sofrer eternamente, aqui será o seu inferno… esse lugar é o seu sonho ou o seu pesadelo…
-Então que dizer que eu controlo esse lugar??
-Sim!
– Então quer dizer que se eu desejar viver com a minha família outra vez na minha bela casa isso vai acontecer?
-Se esse for o seu desejo mais forte…Aqui tudo se transforma dependendo do seu desejo mais forte…
-Então… Então EU DESEJO DE TODO O MEU CORAÇÃO TER A MINHA FAMILIA DE VOLTA!

Uma luz branca e muito forte clareou tudo em volta.Quando abri os olhos estava de volta em meu escritório..Mas dessa vez era diferente. As janelas estavam abertas e a claridade iluminava o ambiente.Tudo estava limpo e cheiroso… Corri o mais rápido que pude vasculhando todos os cômodos da casa e chamando pelas minhas filhas…

-Sofia !!! (nome que eu ainda não descidi xD) !!!!!!

Ouvi então alguém gritar:

-Papaiii !!!!!

Olhei pela janela da sala e então eu as vi…Estavam brincando embaixo da árvore de cerejeira no jardim! Corri …. ! Sentir elas outra vez nos meus braços foi infinitamente maravilhoso… Não conseguia parar de rir e chorar… Como elas eram lindas…Eu as amava mais que tudo, e naquele momento eu não queria mais me desgrudar delas. Era como se uma parte de mim volta-se a viver…Estava quase completo… Quase…
Então eu senti o perfume… O perfume que só eu sabia distinguir… o aroma fora feito das próprias flores da nossa cerejeira… eu nuca esqueci esse perfume… Me levantei devagar… olhei para trás… Sim ela estava lá… Linda como sempre fora.. perfeita e perfeita… minha vida… minha alma… meu amor… prometi amar ela na vida e em outra vida… Não consegui me mexer… Fiquei olhando ela se aproximar… Naquele momento eu realmente percebi… Todas as vezes anteriores que eu dissera que a amava não era completamente verdade… Vendo ela se aproximar, vendo ela outra vez na minha frente me fez realmente perceber o quanto eu amava minha mulher. Amava com todas as minhas forças. De coração… De alma… De vida… De sonho… De tudo…

-Eu… Querida… Desculpe !

Então gentilmente ela colocou sua mão na minha boca e disse:

-Não diga nada… Esse momento é nosso… Nosso SONHO…

Um beijo…
Não…
foi O Beijo…
Então as crianças vieram correndo nos abraçar… Era um sonho perfeito… Perfeito demais… um sonho… perfeito… mas era um sonho…
Apesar de estar transbordando felicidade comecei a pensar um pouco…
Foi então que eu percebi… Foi então que eu entendi…
Olhei para elas outra vez…. Olhei como nunca olhara antes… Tentando decorar cada detalhe… Tentando guardar cada pedacinho dentro de mim…Abracei e as beijei… Então me afastei fechei os olhos de disse bem baixinho.

-Senhorita Morte venha aqui… Precisamos conversar

Continua….

~ por DaNieL em 18/02/2008.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: